csctv
banner vidracaria ametista1

Manifestantes deixam Alep, mas iniciam greve de fome contra edital do PSS

Hermes Leão, presidente da APP-Sindicato, afirmou que ele e mais colegas farão a greve de fome

Por Redação Paraná Urgente em 19/11/2020 às 11:25:28
Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Os manifestantes que passaram a noite na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) deixaram, na manhã desta quinta-feira (19), o prédio e iniciaram uma greve de fome pela revogação do edital 47. O edital prevê a realização de um concurso para contratação de professores PSS para o estado e a APP-Sindicato reclama que a Secretaria de Estado de Educação (Seed) quer mudar a forma de contratação justamente na pandemia de coronavírus. Segundo os manifestantes, 30 pessoas entrarão em greve de fome.

Hermes Leão, presidente da APP-Sindicato, afirmou que ele e mais colegas farão a greve de fome. "Estamos em luta. Professores e professoras têm construído a riqueza do Paraná na educação pública. Fazer uma greve de fome é uma medida extrema, que exige muito de todos nós", disse.

Fonte: Tribuna Pr

Banner face

Comentários

banner vidracaria ametista2