csctv
banner vidracaria ametista1

Ação do GAECO mira líder do governo na câmara - Deputado Federal Ricardo Barros - Paraná

Além do escritório de Barros, há um mandado de busca em São Paulo contra Delmo Sérgio Vilhena

Por Redação Paraná Urgente em 16/09/2020 às 11:54:34
Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

O deputado federal Ricardo Barros, recentemente alçado à condição de líder do governo Bolsonaro, está nas manchetes nesta quarta-feira, e não é por bons motivos. Escritório dele em Maringá foi alvo de mandado de busca e apreensão, dentro de uma investigação que apura crimes de lavagem de dinheiro e corrupção em negócios no setor de energia eólica.

"O escritório do líder do governo na Câmara Federal, Ricardo Barros (PP) foi alvo de cumprimento de mandado de busca e apreensão na manhã desta quarta-feira (16), em Maringá, no norte do Paraná. A ação foi realizada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Paraná, com o apoio da Polícia Civil.


Além do escritório de Barros, há um mandado de busca em São Paulo contra Delmo Sérgio Vilhena, que é investigado por desvio de verbas na compra de equipamentos. O MP estaria investigando a relação de Vilhena com Barros e sua esposa Cida Borgheti (PP), ex-governadora do Paraná.


Segundo o Ministério Público do Paraná, estão sendo cumpridos oito mandados de busca e apreensão em Curitiba, Maringá, Paiçandu e São Paulo. A investigação apura os crimes de lavagem de dinheiro e corrupção para facilitar negócio no ramo de energia eólica. As ordens judiciais, expedidas pela 12ª Vara Criminal da capital paranaense, estão sendo cumpridas num escritório de contabilidade e em outros três endereços comerciais (onde funcionam quatro empresas), além de quatro residências, informa o MP."


Fonte: Gazeta do Povo

Banner face

Comentários

banner vidracaria ametista2