csctv

Assassino confesso arrancou dedos de idosa após matá-la e os levou no bolso até o banco para tentar realizar saque

Segundo o Delegado, disse que o suspeito confessou ter arrancado quatros dedos da vítima

Por Redação Paraná Urgente em 09/07/2020 às 13:40:53
Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Dionelia Giacometti Mai, servidora do Acre, foi morta em Rondônia no fim de semana.

A Pol√≠cia Civil de Rondônia informou nesta quarta-feira (8) que Dionélia Gioacometti teve quatro dedos arrancados depois de ser assassinada, pelos próprios inquilinos, em Colorado do Oeste (RO). Segundo o delegado N√ļbio Lopes, o suspeito carregou os dedos no bolso e foi até um banco para tentar sacar o dinheiro da conta de Dionélia.

Além de Dionélia, seu marido, Eldon Mai, também foi assassinado pelos inquilinos no √ļltimo fim de semana. Os corpos do casal de idosos foram localizados na ter√ßa-feira (7), enterrados perto de uma rodovia na cidade de Chupinguaia (RO).

Em uma coletiva de imprensa nesta quarta-feira, N√ļbio Lopes disse que o suspeito confessou ter arrancado quatros dedos da v√≠tima.

"O INQUILINO FEZ TORNIQUETE NO DEDO INDICADOR ESQUERDO E DIREITO [DA V√ćTIMA], E TAMBÉM TORNIQUETES NOS DOIS POLEGARES. ENT√ÉO ELE USOU UMA FACA E CORTOU OS DEDOS DE AMBAS AS M√ÉOS. O SUSPEITO FEZ ISSO PARA QUE PUDESSE REALIZAR A LEITURA BIOMÉTRICA E ASSIM FAZER SAQUE NA CONTA DA V√ćTIMA, NO BANCO DO BRASIL", REVELA.

Segundo a Pol√≠cia Civil, o suspeito ent√£o colocou os dedos de Dionélia no bolso e se dirigiu à ag√™ncia banc√°ria de Colorado do Oeste. Enquanto o marido tentava retirar o dinheiro da conta da v√≠tima, a esposa do suspeito teria ficado dentro do carro.

Fonte: Portal do Tossinha

Banner face

Coment√°rios

transmissoes03