csctv

Rede Globo proíbe filhos de Chico Anysio de usarem personagens do pai

Nizo Neto disse que a Globo detém direitos dos personagens do seu pai

Por Redação Paraná Urgente em 19/06/2020 às 15:21:44
Foto: Reprodução Rede Social

Foto: Reprodução Rede Social

Com um legado de aproximadamente 209 personagens, Chico Anysio, morto aos 88 anos em março de 2012, cedeu os direitos de suas criações a rede Globo de televisão. Nizo Neto, 56, um dos filhos do humorista, confirmou a informação durante uma live.

"Ele assinou um contrato que tinha uma cláusula dizendo que os personagens pertenciam a Globo", afirmou Neto em entrevista ao canal Lisa, Leve e Solta, da jornalista Lisa Gomes. O ator disse também que pretende retomar alguns personagens e portanto, terá que pedir autorização para a Globo.

Nizo Neto fez participações especiais na nova versão de "Escolinha do Professor Raimundo", exibida na emissora dos Marinhos. A última aconteceu em julho do ano passado, em que Neto viveu Seu Ptolomeu, um inteligentíssimo aluno da classe que sempre recebia elogios do professor Raimundo. Ele contracenou com o irmão, Bruno Mazzeo, e o bordão: "queria ter um filho assim" foi alterado para "irmão".

Durante o bate-papo com a jornalista, o ator exaltou o trabalho de Chico Anysio na rede Globo e contou que seu pai "vestia a camiseta da emissora". "Foi muito importante pra história da Globo (...) Um cara como ele ficar na geladeira e ter feito o que fez?", questionou sobre a época em que o humorista foi deixado de lado pela empresa.

Nize Neto também comentou sobre a polêmica envolvendo o testamento de Chico Anysio e sua viúva, Malga di Paula, que está na justiça pedindo para ser reconhecida como herdeira de um apartamento de luxo na Barra de Tijuca, no Rio.

"Não tem dinheiro, não tem bens materiais, só um imóvel, é tudo invenção, isso não existe, é invenção da imprensa. Meu pai não guardou dinheiro, a única coisa que a gente herdou foi o legado, a história", afirmou o ator, que completou dizendo não ter contato com Malga.

Em março deste ano, a Justiça do Rio de Janeiro declarou nulo o testamento deixado pelo humorista Chico Anysio. Segundo Adailton Rodrigues, um dos representantes de Malga di Paula, a decisão da 2ª Vara da Família da Barra da Tijuca acontece por que o humorista teria destinado 100% de seu patrimônio, contrariando a determinação legal que destina 50% desses bens aos seus herdeiros.

Vale lembrar que Malga está sendo processada por calúnia e difamação pelo ex-advogado e amigo pessoal de Chico Anysio, Paulo Cesar Pimpa, que move uma ação de R$ 30 mil contra ela e a apresentadora Antônia Fontenelle.

A polêmica teve início após a viúva acusar Pimpa de ter realizado um trabalho malfeito no testamento do artista, além de ter uma relação difícil com a família, durante entrevista ao canal de Fontenelle no YouTube.

Fonte: Notícias ao minuto

Banner face

Comentários

transmissoes03