csctv

Conselho de secretários estaduais lança painel com números da covid-19

O Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) disponibilizouhoje(7), em seu site, um painel com dados atualizados sobre o número de casos da covid-19 no [...]

Por Redação Paraná Urgente em 08/06/2020 às 08:24:27

O Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) disponibilizouhoje(7), em seu site, um painel com dados atualizados sobre o número de casos da covid-19 no país.

As informações sobre casos confirmados da doença; de mortes decorrentes de complicações causadas pelo novo coronavírus e de pacientes que se recuperaram são fornecidas pelos estados. O conselho reúne os secretários de saúde das 27 unidades da federação.

Em um texto no qual justifica a iniciativa, o conselho informa que os dados serão atualizados diariamente, até as 18 horas, e que trabalhará para aperfeiçoar o portal. O lançamento do portal ocorre em meio àdecisão do Ministério da Saúde de alterar o formato de divulgação dos dados oficiais.

Antes, a pasta divulgava boletins atualizados diariamente entre 17h e 18h, durante coletivas de imprensa. Desde a última quinta-feira, os dados têm sido divulgados próximo às 22h.

O Conass afirma estar atuando pautado "pelo mais alto interesse público", com vista à "defesa da saúde e da vida" dos brasileiros.

De acordo como painel da covid-19 do Conass, até as16h30dehoje(7), onúmero de casos confirmados da doença já chegava a680.456. Além disso, entre 12h30 de ontem (6) e as 16h30 dehoje, foram registradas 1.116 novas mortes, elevando para 36.151 o total de óbitos registrados desde que a circulação do novo coronavírus no Brasil foi confirmada, em meadosde março.

Os dados compilados pelo conselho apontam que os estados com mais casos confirmados são, pela ordem, São Paulo (143.073); Riode Janeiro(64.533); Ceará (63.957); Pará (54.271); Amazonas (48.785); Maranhão (47.593) e Pernambuco (39.361).

São Paulo também é a unidade federativa com o maior número de mortes pela doença: 9.145. Em seguida vem o Riode Janeiro(6.639); Ceará (3.981); Pará (3.678); Pernambuco (3.270); Amazonas (2.232) e Maranhão (1.170).

Fonte: Agência Brasil

Banner face

Comentários

transmissoes03